Sábado, 15 de Dezembro de 2018

Rondônia

31c

CPRM monitora Rio Madeira e avalia que situação é de estabilidade

Postado Dia 4 de março de 2018

O aumento do nível do Rio Madeira em Porto Velho mobiliza equipes do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) que realizou a medição diária de vasão na capital e no distrito de Abunã durante cinco dias. A ação amplia a operação do Sistema de Alerta Hidrológico da Bacia do Rio Madeira (SAH-Madeira), que já havia iniciado a emissão de boletins semanais no dia 8 de janeiro. 

Os dados do SAH Madeira, operado pela CPRM com apoio da Agência Nacional de Águas (ANA), registram a subida do rio desde o início de janeiro. “Nós estamos participando semanalmente de uma reunião chamada “Sala de Crise”, onde várias pessoas em nível nacional estão envolvidas no sistema de alerta do Rio Madeira. Para melhorar ampliar nosso trabalho, nossa equipe veio até Porto Velho parar aferir umas medições de vazões e saber o volume de água que está passando no rio. Estamos fazendo uns trabalhos a mais para compor melhor essas informações e passar para a população”, disse o coordenador nacional do Sistema de Alerta Hidrográfico da CPRM, Artur Matos. 

Os engenheiros que realizaram os trabalhos contataram que a quantidade de água que passa no Rio Madeira é muito alta, mas afirma que está tudo estável. “Pelo que constatamos, está tudo sob controle em relação à quantidade de água que passa pelo rio. A previsão para os próximos dias é que o nível fique estável nos próximos cinco dias, mas pode oscilar. Na medição, foi registrado que a quantidade de água que passa na capital é de 37mil metros cúbicos por segundo. Foi feito também, uma medição da água antes desse volume chegar na Usina de Jirau e lá foi de 33 mil metros cúbicos por segundo”, informou. 

Apesar da vazão no Rio Madeira ser considerada alta, o Artur Matos tranquiliza a população. “Nós sabemos que ainda tem chuva pra vir, mas não é muita. A população pode ficar tranquila que vamos manter todos informados caso ocorra algum risco. A gente percebeu que esse volume de água está ficando estável e a tendência nos próximos dias é que permaneça. Sabemos que esse número é muita água e naturalmente acontece essa vasão, mas nós continuamos em alerta”, disse. 

Ainda segundo o mais recente boletim extraordinário de monitoramento e previsão de níveis na bacia do rio Madeira divulgado nesta sexta-feira, a previsão é de que em Porto Velho, o nível do rio Madeira provavelmente atingirá a cota de 16,09m nas próximas 30 horas. O nível do rio Mamoré, em Guajará-Mirim, também está em alerta e provavelmente atingirá a cota de 10,94m nas próximas 48 horas. Em Abunã, o nível do rio Madeira provavelmente atingirá a cota de 21,31m nas próximas 30 horas.

Rondoniagora

Dr Guilherme
FA produçoes
%d blogueiros gostam disto: