Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

Rondônia

31c

Data da prova do concurso da PF é adiada e inscrições para algumas áreas reabertas

Postado Dia 7 de agosto de 2018

A data de realização das provas do concurso público da Polícia Federal foi adiada para o dia 16 de setembro e as inscrições, para o cargo de perito criminal, em algumas áreas, foram reabertas. A alteração foi publicada pela banca que realiza o certame, Cespe. O concurso vai contratar 500 profissionais de nível superior.

CONFIRA AQUI AS ALTERAÇÕES

A alteração atende critérios específicos que não tinham sido contempladas no edital de abertura, para o cargo de perito criminal federal das áreas: engenharia agronômica; geologia; química; engenharia florestal; medicina e farmácia.

Os interessados podem realizar as inscrições a partir das 10 horas desta terça-feira, dia 7 de agosto, até às 18 horas (de Brasília) da próxima segunda-feira, dia 13, exclusivamente pelo portal da empresa organizadora. As taxas de inscrições variam de R$ 180,00 e R$ 250,00.

Todo o concurso tem vagas para delegado de Polícia Federal (150); perito criminal federal (60); agente de Polícia Federal (180); escrivão de Polícia Federal (80) e papiloscopista policial federal (30).

A carga horária será de 40 horas semanais e as remunerações variam de R$ 11.983,26 a R$ 22.672,48.

Já as provas objetivas estão previstas para o serem aplicadas no dia 16 de setembro. O concurso será composto pelas seguintes fases: prova objetiva, prova discursiva, exame de aptidão física, prova oral, avaliação médica, avaliação psicológica, avaliação de títulos, prova prática de digitação e curso de formação profissional, podendo variar de acordo com a função escolhida.

A avaliação de títulos é destinada apenas aos cargos de delegado de Polícia Federal e perito criminal federal; a prova prática de digitação é destinada apenas a função de escrivão e a prova oral é aplicada em inscritos no cargo de delegado.

Os aprovados e matriculados no Curso de Formação Profissional devem receber auxílio financeiro, na forma da legislação vigente, no valor de 50% do subsídio da classe inicial do cargo.

Rondoniagora

 

FA produçoes
Dr Guilherme
%d blogueiros gostam disto: